O Direito à Memória

"O direito à cidade traz em seu núcleo a ideia fundamental de que as desigualdades e opressões – racismo, desigualdade de gênero e LGBTfobia – são determinantes e estão determinadas na produção do espaço. A imposição de padrões de segregação e violência a segmentos sociais específicos faz parte da constituição social e política dos territórios da e na cidade."

 

A partir deste conceito o CEDDH MG apresenta a série 'O Direito à memória'.

É preciso dar fala a quem tem o direito a ela. Sendo assim, as pessoas em situação de rua poderão contar por elas mesmas a história que desejarem. Cada ser humano é único e merece ser visto de forma pessoal, essa é uma maneira de quebrar a visão preconceituosa que grande parcela da sociedade faz que quem está nas ruas.

edsonDSC_0128.jpg